Histórias de uma portuga em movimento.
27
Jul 07
publicado por parislasvegas, às 11:29link do post

Pois cá vai o post inevitável sobre as maravilhas da maternidade. É agora que é suposto dizer que as coisas estão muito difíceis e que o puto não dorme e chora muito e tal. Por acaso não acontece nada disso. O Kiko é a calma personificada, quase não chora (tirando no pediatra, onde deve ter cheirado o medo dos outros...), "fala" muito e tem uma força fantástica na cabeça. Como ficou até às 42 semanas na barriga, veio cheio de lanugo- parece uma cobra a descascar - e tem reacções de bébé com mais idade. Tem aumentado de peso com regularidade, e já cresceu dois cm.

 

Mas isto não quer dizer que as coisas estejam fáceis para este lado. A Bli tem razão: a cesariana é lixada - não durante, mas o pós. Agora que já me consigo mexer minimamente, estou lixada com uma série de outras coisas - a Shar Pei esteve entre a vida e a morte nesta última semana: uma infecção generalizada que quase a matou e que obrigou a retirar-lhe metade dos interiores. A cadela safou-se, mas agora temos um cão convalescente e uma conta de veterinário quase igual à da clínica onde tive o miúdo...

 

Os preparativos para a mudança avançam a todo o gás e no meio desta confusão toda, os irmãos do Kiko chegaram para passar um mês.

 

Tenho a sensação que Agosto vai ser muito complicado.

 

Isto é uma questão de ter muita calma, já que por mais que uma pessoa se organize não há maneira de sobreviver à sensação de me estar a afogar no caos. E isto com um marido que está a tratar de tudo o que é burocracias (nem vos passa pela cabeça a papelada de uma mudança internacional) em relação à casa e aos carros e aos telefones e aos seguros e aos contratos de água, electricidade, gás, etc , etc , etc ...É que nesta altura ter que tratar do pequenote e SÓ PENSAR nas outras coisas já está a ser demais para o meu fraco cérebro de mãe recente e hormonas todas trocadas.

 

Claro que no meio disto tudo ainda estou com o tradicional desgosto de estar gorda porra , se me dissessem que alguma vez iria ter este peso na minha vida eu não acreditaria) apesar de ter perdido quase 10 quilos desde o parto continuo um bisonte. Não vejo a hora de começar a poder fazer ginástica a ver se isto abate um bocadito. Ando a fazer um esforço enorme para me arranjar porque se me vejo mal tratada ainda fico pior ( e vou acabar por morder em alguém) mas isto nada me assenta - já se sabe...

 

 


De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

mais sobre mim
Julho 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
28

29
30
31


arquivos
2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


2004:

 J F M A M J J A S O N D


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
blogs SAPO