Histórias de uma portuga em movimento.
21
Nov 07
publicado por parislasvegas, às 16:05link do post

Já não me lembrava do que era passear na Av. Montaigne a fazer window shopping na Dior , passar aos Champs Elysés e passear no meio do frenesim.

 

Os turistas japoneses atacam a Louis Vuitton em massa, os parisienses passam indiferentes a tudo, ao telemóvel.

 

Os últimos dias têm sido stressantes : as greves. Meus Deus as greves! mas para que querem mais direitos os trabalhadores?? nós por cá cagamo-nos nisso, queremos é o metro a funcionar para que a populaça não traga o carro e nos arruíne a disposição e os lugares de estacionamento para os smarts .

 

A Av. Foch e os seus jardins suspensos nos terraços, os apartamentos de milhões de euros, com os mercedes A estacionados em infracção. Não percebemos nada de pensões, as nossas reformas são as heranças de muitas gerações passadas a ter yorkshires e criadas de dentro.

 

Hoje o elevador dos senhores estava a ser reparado, toda a gente fazia cara feia a usar a escada de serviço. Diz-me a vizinha do lado: hoje fazemos comme les Bonnes - como as criadas, só por ter que passar a porta das traseiras e seguir no mesmo corredor que a conduta do lixo.

 

Já me esquecia que esta Paris também existia, a Paris de contrastes. Não tão gritantes como noutras partes do mundo, mas de qualquer forma, de contrastes e de conflitos. Isto para um português é angustiante, ver um operário a queixar-se que "só" ganha 1800 euros, que não consegue viver com isso e que a mulher foi obrigada a trabalhar part-time para poderem pagar um apartamento melhor do que a espelunca de renda controlada onde viviam. Para um português é impensável, mas é verdade que aqui é difícil viver com um ordenado médio infinitamente superior ao nosso. Esta cidade está mesmo feita para os ricos. Paris é uma amante cara e não perdoa. Gosta de diamantes e não faz a coisa por menos.

 

Paris é uma puta cara, daquelas que faz um homem desgraçar a vida, largar a mulher e deixar os filhos na miséria e morrer com dívidas. Mas que saudades que eu tinha dela!

tags:

De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

mais sobre mim
Novembro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

13

18
19
20
22
23
24

25
30


arquivos
2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


2004:

 J F M A M J J A S O N D


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
blogs SAPO