Histórias de uma portuga em movimento.
07
Jun 04
publicado por parislasvegas, às 11:16link do post | comentar
Image Hosted by  ImageShack.us


Lição Nº1
Como lixar completamente o teu humano, quando ele chega cansado do trabalho.

Saudações meus amigos canídeos. Hoje vamos aprender a dominar com mestria a arte de lixar completamente a cabeça ao humano, quando ele chega cansado do trabalho.
Atenção! não dá para fazer este truque todos os dias. Senão não tem piada. Só serve para quando o teu humano chega completamente morto a casa.
1.Cumprimenta-o efusivamente, e assim como quem não quer a coisa, dá-lhe umas marradas valentes. Só para o moer.
2.Começa correr para a porta a cada 30 segundos (tem que ser imediato! não lhe dês tempo para se sentar, senão estás lixado).
3. Se tiveres um outro cão em casa, corre da porta em direcção ao outro cão, morde-lhe as orelhas e volta outra vez à porta. Tens que fazer isto várias vezes. Primeiro para irritar o teu outro cão (quanto mais o gajo rosnar, melhor) e depois, porque os humanos são lentos de compreensão e levam tempo a perceber que queres ir à rua.
4.Quando o teu humano, finalmente, te puser a trela sais, alegremente, dás uma volta de dois minutos e depois desatas a correr para casa outra vez.
5. Quando chegares a casa, vai buscar um brinquedo e moi o teu humano mais uns 10 minutos. Se ele se levantar para brincar contigo, vira-lhe as costas e vai-te deitar ao pé da televisão. Tens de fingir que dormes. Não te esqueças de ressonar alto. Se ele não se levantar para brincar, passa directo à parte de deitar.
7. É importante reter desta lição, que qualquer habilidade desta natureza (irritar humano, sem levar um tapa) deve terminar com a obstrução total do som da TV ou dos discos com o teu ressonar.Ok?


Os Bulldogs Unidos Jamais Serão Vencidos
Angie

publicado por parislasvegas, às 05:31link do post | comentar
À posta anterior: comentário de um amigo, quando me viu loira, pela primeira vez em trinta anos: "O que é que fizeste ÀS TUAS SOBRANCELHAS????"
Podem crer que é a parte que me custa mais. Para além de doer para caramba tirar esta porcaria, faz-me uma pena imensa. Gosto MESMO das minhas sobrancelhas como elas são: grossas e escuras.

publicado por parislasvegas, às 05:11link do post | comentar


Este inverno, farta de ser insultada na rua e que andassem atrás de mim nas lojas para ver se eu roubava alguma coisa, decidi acabar de vez com as tiradas racistas desta gente e pintar o cabelo de loiro.
Pois, devia ter dito que tenho muito orgulho em ser morena, em ser escura e ter sobrancelhas grossas. Tenho muito orgulho nisso tudo, mas ao fim de dois anos a suportar a ignorância que grassa nesta terra, pintei-me de eslava. Ao menos já não dou nas vistas e posso fazer a minha vidinha descansada.
Isto é tudo muito bonito. Em Portugal toda a gente se preocupa muito com o tratamento dos emigrantes de leste e ´blá blá blá (o que eu acho MUITO BEM - tás a ouvir ó Paulinho?). Mas deixem lá estar que eles aqui estão-se nas tintas para o tratamento que nos dão. Quanto mais a pontapé, melhor. Aqui o estrangeiro escuro suporta o maior dos racismos. Nem imaginam o que os desgraçados dos Africanos têm que aguentar nesta terra.
Bom, como eu ia dizendo. Pintei-me. Odeio, não gosto nada de mim assim, mas facilita-me a vida. Ao fim do terceiro ano aqui já ando numa de gestão de problemas e tento eliminar todos os que sejam de fácil resolução.
Como detesto ir ao cabeleireiro e, acima de tudo, sou forreta até dizer chega, pinto sempre a cabeleira em casa. O que não é lá muito fácil, quando se tem o cabelo quase preto e se quer passar a loirinha deslavada.
Ontem lá foi dia de cerimónia de tintas. A coisa, como sempre, não me correu lá muito bem. Agora ando meio amarela, meio branca. Não chegam a ser madeixas, são assim mais umas manchas tipo doença de pele....Como diz o famoso provérbio : "quem te manda a ti, sapateiro, tocar rabecão?"
Parece-me que é desta que tenho de ir gastar dinheiro ao Salão de Beleza....

publicado por parislasvegas, às 03:48link do post | comentar



Acabei de receber um sms do Alex, que dizia: "hoje, 4.30, primeiro mergulho das férias". E pronto, já fiquei desaustinada! Já só penso na sensação de pôr a garrafa às costas e saltar do barco abaixo. Entrar na água, expirar, esvaziar os pulmões e ir baixando lentamente. Adoro descer "em pé", parece que estamos num elevador místico, no meio daquele azul profundo e do silêncio. Geralmente desço voltada para o recife ou rochedo, para ter orientação visual e não me perder. Mas do que eu gosto mesmo é de descer a olhar o "big blue".
Olho para o computador, para não passar a profundidade onde marcámos o ponto de encontro. Geralmente a 10/15 metros da superfície. Localizo o grupo. Estamos todos. E arrancamos. Passados alguns minutos, o grande silêncio dá lugar aos sons do fundo do mar - quando te habituas ao silêncio consegues ouvi-los distintamente: um peixe-papagaio a partir coral, uma garoupa a "rosnar" (aqui é melhor ir saíndo de fininho), um peixe-palhaço a roçar na anémona. É impressionante o banzé que as criaturas aquáticas podem fazer.
Isto, é claro, quando o Alex não passa os mergulhos todos a cantar (a sério!). Nesses só o oiço a ele, abafado por trás do regulador: "hummmm,hummmm,hummmm".
No início irritava-me um bocado, não conseguia perceber se ele tinha uma dôr de barriga ou se alguma coisa estava a correr mal. Passava o tempo todo a confirmar oks. Agora já me habituei a distinguir os sons que estão por trás da máscara e já sei que são apenas a expressão de uma infinita felicidade.
Ai, que inveja....

mais sobre mim
Junho 2004
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10

14
15
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28


arquivos
2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


2004:

 J F M A M J J A S O N D


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
blogs SAPO